Belém realiza a 3ª edição do Dia Nacional da Construção Social (DNCS)

Publicado em 24/08/2017 15:32h

Sesi Novidades

515 Visualizações

Belém realiza a 3ª edição do Dia Nacional da Construção Social (DNCS)

A 3ª edição do Dia Nacional da Construção Social (DNCS), em Belém, foi realizada no sábado (19), e ofereceu mais de 40 serviços gratuitos aos trabalhadores do setor da construção civil e seus familiares, no Sesi Ananindeua. O púbico de mais de 5 mil pessoas contou com ações de lazer, cidadania, educação, vacinas, consultas de saúde, emissão de documentos, serviços de recadastramento biométrico e atualização do título de eleitor, além de diversos sorteios.

O DNCS é uma promoção da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) por meio do seu Fórum de Ação Social e Cidadania (FASC) e o Serviço Social da Indústria Nacional (Sesi),com a realização do Sindicato da Indústria da Construção do Estado do Pará (Sinduscon-PA), apoio do Sistema Fiepa e do Seconci-Brasil.

‘A ação é realizada simultaneamente em mais de 30 cidades do Brasil. E o Sistema Fiepa é apoiador desta iniciativa para os trabalhadores da indústria de construção e seus familiares, é um evento de sucesso que promove a cidadania, o bem-estar e já está no calendário da indústria do Pará', destacou o presidente do Sistema Fiepa, José Conrado Santos.

 Com o slogan “Minhas escolhas, meu país”, o DNCS 2017 pretendeu mostrar que as escolhas de cada indivíduo podem fazer a diferença. O objetivo foi o de empoderar o cidadão, mostrar que ele pode ser a transformação que deseja ver no país. No Sesi Ananideua, foram mais de 17.601 atendimentos realizados no DNCS 2017.

 “Com muita satisfação, o Sesi é parceiro pela terceira vez do Dia Nacional da Construção Social em Belém. Este dia é o resultado de muitos esforços pois este tipo de ação contribui muito com o bem-estar social porque dá oportunidade para o trabalhador que não tem acesso ou recursos. Com a ação, foi possível fazer tudo de forma gratuita”, comemorou José Olímpio Bastos, superintendente do SESI.  

Para o vice-presidente do Sinduscon-PA, Antônio Valério Couceiro, “Esta ação é a culminância de todo um projeto, um trabalho regular que nós desenvolvemos o ano inteiro. Disponibilizamos, gratuitamente, uma série de serviços, principalmente para o trabalhador que muitas vezes não tem tempo ou condições, no dia a dia, e a gente conseguiu organizar tudo em uma ação única. Eu acho que todos os órgãos deveriam se unir e realizar mais ações deste tipo, pois a nossa população é muito carente. Então, é uma atividade importantíssima.”, destacou.

Foram ofertados aulões de ginástica, cortes de cabelo, design de sobrancelhas, higienização facial, sessões de massagem, serviços de saúde como atendimento odontológico, avaliação nutricional, vacinas, verificação de pressão arterial, teste de glicemia e índice de massa corpórea, consultas médicas de Clínico Geral, Pediatria e Ginecologia, testes rápidos de Hepatite C, B e sífilis. Os participantes puderam contar também com e emissão de carteira de identidade, certidão de nascimento consultorias jurídicas e realizar o cadastro para doação de médula óssea e sangue. Para as crianças, brincadeiras educativas e pinturas, pula-pula, etc. Para animar, a bateria do Rancho Não Posso Me Amofiná apresentou sambas e marchinhas de carnaval e show do humorista Epaminondas. O DNCS ofertou ainda, por meio da Celpa, a troca gratuita de lâmpadas comuns por LED.

SESI - Serviço Social da Indústria
X