Notícias

Escolas públicas do Pará participam de Torneio de Robótica do SESI

Escolas públicas do Pará participam de Torneio de Robótica do SESI

Escolas públicas do Pará participam de Torneio de Robótica do SESI

Além das escolas SESI de Belém e interior, escolas de outros Estado e iniciativas independentes, o Torneio SESI de Robótica First Lego League (FLL) também abriu suas portas para escolas da rede pública de ensino. Este primeiro torneio, inédito aqui no Pará, conta com a participação de duas escolas públicas da rede estadual e uma do município.

 

Segundo Márcia Argueles, gerente de educação do SESI Pará, o objetivo é fomentar o movimento da robótica para a rede pública de ensino. “Nosso propósito é democratizar o acesso a esse conhecimento, a esse aprendizado. Porque os alunos do SESI já tem o contato com a robótica desde o terceiro ano do fundamental, mas sabemos que na rede pública isso não é uma realidade. Por isso, fizemos um trabalho corpo a corpo junto às escolas para explicar o que é o FLL, cedemos o material necessário para a montagem dos projetos e realizamos os treinamentos com os professores”, explica Márcia. “Isso tudo gera uma mudança fascinante para essas crianças, não somente na questão do aprendizado, mas também uma mudança comportamental fazendo com que elas desenvolvam suas melhores competências como o trabalho em equipe, a criatividade e tantas outras”, afirma.

 

Para o professor de informática Francinei Monteiro, 39, da escola municipal de ensino médio Manuela Freitas, participar do torneio representa uma possibilidade de levar para os alunos recursos que tornem as aulas mais interessantes. “Tanto para gente quanto para os alunos ter contato com esse universo novo é muito fascinante, empolgante e envolvente porque traz novas perspectivas de ensino e de aprendizagem”, explica.

 

“É a primeira vez que participo de um torneio nessa área e está sendo muito intenso”, afirma Fayeli Rodrigues, 13 anos, aluna da escola Manuela Freitas e componente da equipe Robóticos. “Sempre gostei muito de vídeogame mas não pensei que um dia a escola poderia me proporcionar participar de algo como esse torneio aqui. Fique muito feliz quando fui selecionada para compor o time e a parte de apresentação do projeto de inovação estou tirando de letra, porque gosto muito de falar em público e ajudar minha equipe”, reforça.

 

A técnica da equipe Conexão MB da escola estadual de ensino Médio Magalhães Barata, também localizada em Belém, Aldelice Ferreira Dias, 48, define a experiência de participar do torneio como desafiadora. “Ninguém da equipe havia tido contato com a robótica mas em três dias conseguimos realizar as missões e isso mostrou um empenho e desenvolvimento incríveis desses alunos que também foi sentido dentro da sala de aula. A partir do contato com a robótica, percebemos uma mudança de comportamento nestes alunos, com mais respeito, espírito de parceria, ajuda mútua e colaboração”, explica a professora. 

 

Segundo ela, o resultado foi tão positivo que uma das salas da escola foi remanejada e passará a abrigar um espaço voltado para a robótica. “Durante nosso processo de criação do projeto de inovação, chegamos a conversar com um ex-aluno da escola que hoje mora em Xangai para trocar ideias sobre como funciona a questão do lixo por lá, uma vez que o nosso projeto trata desse tema. Todos nós nos envolvemos e percebemos que precisamos dar continuidade para que outros alunos possam também ter acesso a este tipo de conhecimento”.

 

Outra escola da rede estadual a participar do evento é a escola de ensino fundamental e médio Jarbas Passarinho, localizada no bairro do Sousa, na capital paraense. Para o professor do atendimento educacional especializado da escola, Fábio Castro, 33, o apoio do SESI foi fundamental. “Sem o SESI não teríamos chegado até aqui hoje. Ele nos deu a oportunidade de fazer parte desse torneio, nos deu todo o suporte com os kits da Lego, o tapete e todo o treinamento. Participar pela primeira vez já é muito importante, então quando a gente termina uma etapa e recebe um elogio, é sensacional”.



Compartilhar:
LOCALIZAÇÃO
Tv. Quintino Bocaiúva, 1588 - Nazaré -
66035-190 - Belém/PA
CONTATOS
(91) 4009-4965
sac@sesipa.org.br
SIGA O SESI