SESI completa 73 anos na vanguarda da educação e da saúde e segurança do trabalhador

Publicado em 02/07/2019 11:08h

Sesi Novidades

SESI completa 73 anos na vanguarda da educação e da saúde e segurança do trabalhador

O envelhecimento da população será um dos desafios do Brasil nos próximos anos. Isso exigirá mudanças no sistema de saúde e de educação e ambientes de trabalho adequados a esses profissionais. Entre as instituições que estão atentas a essa e outras tendências que afetam o futuro do trabalho está o Serviço Social da Indústria (SESI) que, nesta segunda-feira (1º), completa 73 anos.

Na área de educação, o SESI construiu metodologias inovadoras que incentivam o aprendizado contínuo e o aprender fazendo, já que os profissionais do futuro terão mais de uma carreira ao longo da vida e terão de lidar com tecnologias avançadas. Para isso, foi pioneiro na implementação do novo ensino médio, que alia a educação regular à profissional, e de um método de educação de jovens e adultos (EJA) baseado em reconhecimento de saberes, que permite o aproveitamento curricular de aprendizados ao longo da vida.

Em segurança e saúde no trabalho, foram inaugurados há cerca de dois anos Centros de Inovação dedicados à pesquisa aplicada em segurança e saúde no trabalho. Um deles trata especificamente de longevidade e produtividade. As demais unidades também focam em outras tendências na área, como fatores psicossociais e ergonomia, aliadas ao potencial das tecnologias 4.0 com o intuito de melhorar a gestão de SST e permitir o uso de aplicativos para mudança de hábitos de vida e a autogestão de saúde por trabalhadores.

“Trata-se de um novo impulso ao trabalho que o SESI desenvolve há mais de 70 anos e que o tornou referência em educação e promoção de saúde do trabalhador e no desenvolvimento de ambientes de trabalho mais seguros”, destaca o diretor de Operações do SESI, Paulo Mól.

A Agência CNI de Notícias listou como essas e outras experiências fazem do SESI uma referência na construção de um futuro do trabalho mais produtivo, saudável e seguro.

Saiba mais em http://bit.ly/2JeMQf2

*Compartilhado da Agência CNI de Notícias

 

SESI - Serviço Social da Indústria
X